A História do Paraquedista Jhon Steele

Quem visita a cidadezinha francesa de Sainte Mère Eglise depara com um estranho monumento: um boneco “paraquedista” dependurado na igreja da cidade.

Trata-se de uma homenagem ao soldado americano Marvin John Steele da 505a Divisão Aerotransportada 82 que, na madrugada do dia “D” – do desembarque aliado na Normandia -, saltou com seu paraquedas, ficando preso à torre da igreja. Seu grupo de saltadores caiu sobre Sainte Mère Eglise num triste momento, em que muitos soldados alemães aglomeravam-se na praça, tentando ajudar a população a apagar um incêndio. A aglomeração de soldados foi uma falta de sorte dos paraquedistas que, no calor da batalha, iam sendo abatidos antes mesmo de tocar o solo.

Steele passou horas ali fingindo-se de morto para não ser alvejado pelos soldados alemães, mas já havia levado um tiro no pé. Sua história está revelada em inúmeras fontes, mas especialmente no filme e livro “O Mais Longo dos Dias” onde se acompanha a tristeza do soldado ao testemunhar as mortes de seus companheiros logo abaixo.

John Steele foi capturado depois pelos alemães e encaminhado a um posto de atendimento para cuidar de seu pé, mas conseguiu escapar e juntou-se novamente à sua Divisão onde ainda conseguiu continuar combatendo, inclusive colaborando com a libertação de uma vila, valendo-lhe duas condecorações.

Marvin John Steele nasceu em Metropolis, Illinois, em 1912, filho do Capitão John & Josephine Lynn Steele. Marvin, como ele era chamado em casa, era um dos sete filhos.

John Steele e Norman
Três dos rapazes serviram na Segunda Guerra Mundial, e o irmão Norman “Short Dog” Steele foi morto na Alemanha apenas algumas semanas antes do cessar fogo.

O irmão James “Oney” Steele entrou para os Marines e lutou nas campanhas do Pacífico Sul. Ele ficou gravemente ferido e passou algum tempo no hospital.

John Steele tinha 32 anos à época da invasão, mas muitos de seus amigos ainda estavam praticamente na adolescência. E, como acontecia com todas as tropas de pára-quedistas, eles eram voluntários. O melhor do melhor.

John Steele participou de seis campanhas no front Europeu, Africano e do Oriente Médio, incluindo a Batalha das Ardenas (do Bulge). Ele fez saltos na Sicília, Itália, Normandia e Holanda.

John Steele morreu de câncer no Hospital VA em Fayetteville, Carolina do Norte, em 16 de maio de 1969 com a idade de 56 anos. Ele está enterrado num cemitério de Metropolis, IL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *